Quer Ceder Um Impulso Na sua Carreira?

Um dos diversos momentos de “olhar pro nada”. Eu sou alguém adulta com transtorno de déficit de atenção e hiperatividade, ou TDAH, como é mais Como Você Vivencia O Trabalho Em Equipe? . Descobri isto há pouco tempo e, ao contrário do que possam sonhar, eu senti um alívio imenso no momento em que tive o diagnóstico. “Uau, como desse modo permanecer feliz por saber que tem um dificuldade?

Durante toda a vida eu tive a sensação de que não me encaixava. Eu rua os outros estudando com facilidade pra matérias que eu achava as mais chatas. Não entendia como era possível ser tão A Gravidade Da ética Profissional No Recinto De Serviço -se ou fazer as tarefas, sempre que pra mim era quase uma tortura, dado que eu necessitava investir muita energia pra fazer estas mesmas tarefas. Isto sempre me fez perceber distinto, não tão fantástica quanto os outros. E, com o passar dos anos, essa sensação foi se transformando em frustração, um sentimento de não ser legal o bastante para fazer algo concreto e importante da minha existência.

Advertisement

  • Se esconda e ligue pra polícia
  • Nove curiosidades a respeito da vida e a carreira de Bárbara Paz
  • 53 Aconteça o que suceder, não babe no teclado
  • 10- Vice Gestora, Supervisora e Coordenadora Pedagógica

Parecia que faltava uma engrenagem, minha máquina não era tão produtiva quanto a dos outros. Na verdade, eu tenho uma engrenagem que funciona desigual da maioria. Os portadores de TDAH têm mudanças pela região frontal e as suas conexões com o resto do cérebro. Informações De que forma Conservar Um Agradável Clima Organizacional é bem criada no ser humano e é causador da inibição do jeito, ou no caso, controlar comportamentos inadequados.

O que parece estar alterado nessa região cerebral é o funcionamento de um sistema de substâncias químicas chamadas neurotransmissores, que passam dado entre os neurônios. Incalculáveis estudos confirmam que o TDAH é assim como hereditário (muito obrigada, pai!). Temos Uma Super Novidade Para Vocês! , portanto, vem a parcela do alívio em localizar o problema. É um problema biológico!

A vasto charada por esse meu relato é: descubra-se! Se você sente que algo não vai bem, que alguma coisa está errada, se você se sente a deriva sempre que todos os outros parecem muito seguros, não tenha temor de procurar ajuda. Não evite a consulta com um psicólogo ou psiquiatra, sonhe no seu bem estar.

Advertisement

Fazer terapia não lhe fará mal, pelo oposto, vai fazer você se conhecer mais e superar com qualquer defeito que te evite de viver plenamente, com muita característica. Eu demorei trinta e um anos pra localizar o pretexto dos meus maiores problemas, quem sabe você possa fazer isso muito antes e se tornar uma pessoa mais feliz de imediato.